Newsletter

© 2023 por Cidade dos Cuidados. 

  • Siga-nos no Facebook
  • Ana Margarida Matos

Como escolher uma empresa de apoio domiciliário

O serviço de apoio domiciliário, consiste na prestação de cuidados, temporários ou permanentes a famílias ou pessoas que se encontrem em casa numa situação de doença, deficiência ou outros impedimentos que não permitam a satisfação das suas necessidades básicas ou atividades da vida diária. Este tipo de empresas podem dar uma valiosa ajuda aos Cuidadores e seus familiares.




Quais são os serviços que prestam?


Cuidados de higiene e conforto

Preparação de refeições

Tratamento de roupas

Acompanhamento externo

Arrumação e pequenas limpezas no domicílio

Cabeleireiro/barbeiro

Reabilitação

Terapia ocupacional

Fisioterapia

Enfermagem

Cuidados paliativos

Terapia da fala

Entre outros serviços

Estas empresas prestam apoio diário e auxílio em caso de emergência.


Dicas para escolher uma empresa de apoio domiciliário

Para aliviar o “fardo” dos Cuidadores familiares, este tipo de apoios poder ser uma ajuda valiosa, pois irão contribuir para melhorar a sua qualidade de vida e também a dos seus familiares. Existem várias empresas no nosso mercado a prestarem este tipo de serviços. Para escolher o serviço que melhor se adeque às suas necessidades e dos seus familiares, vai ter que efetuar uma pesquisa das empresas que existem. Assim, deixamos-lhe uma lista de considerações que deve ter em conta, quando precisar de escolher este serviço.

Em primeiro lugar, precisa de definir que tipo de ajuda é que lhe vai ser útil:


- Precisa de ajuda permanente? Ou Temporária?

- Qual a frequência?

- Quais são os horários mais adequados para si?

- Quais são as tarefas em que precisa mais de ajuda?

Cuidados de higiene pessoal? Limpeza doméstica? Preparação de refeições? Engomadoria?

- Qual é o seu orçamento para a contratação do serviço?

- Algum vizinho, familiar ou amigo, conhece ou já teve alguma experiência com este tipo de empresas?


Depois deverá passar para a pesquisa das empresas que trabalham neste setor e ter em conta as seguintes considerações gerais:


- Confirmar se a empresa está licenciada pela Segurança Social ( nº alvará)

- Obter informações sobre a equipa que presta apoio domiciliário, como por exemplo:

Os colaboradores que prestam o serviço têm formação na área?

Em caso de demências, avc, parelesias ou outro tipo de doenças do seu familiar, têm alguma pessoa na equipa especializada para prestar os cuidados?

Quais os horários disponíveis?

Quantas pessoas fazem o apoio? Uma? Duas? São sempre as mesmas pessoas ou podem variar?

Caso faltem por algum motivo (doença ou férias, por exemplo), como é que este apoio é assegurado?

Qual o preço para o serviço que precisa? Como é efetuado o pagamento?

É feita alguma visita inicial a sua casa para avaliação da sua situação para apresentação de um serviço conforme as suas necessidades? É gratuita e sem compromisso? Ou tem custos?

Caso ocorra algum acidente no âmbito da prestação de cuidados, a empresa tem seguro de acidentes pessoais para os seus colaboradores e seguro de responsabilidade civil?

Como é feita a avaliação e acompanhamento do serviço prestado?

Caso precise de serviços complementares de saúde (fisioterapeuta, enfermeiro, médico, terapeuta, ou outro), a empresa pode disponibilizar?

Caso contrate o serviço, quem será a pessoa da empresa que deve contactar sempre que tiver necessidade de o fazer?

Deverá fazer um contrato de prestação de serviços antes de iniciar o apoio. Questões contratuais, preços, tipo de apoio prestado, condições deste apoio são importantes esclarecer para que não haja dúvidas entre ambas as partes.

36 visualizações
  • Black Facebook Icon